Vida de Robôs!

“Há dois anos fui a uma ilha para um encontro de empresários representando a instituição que eu trabalhava. Quando cheguei, os executivos estavam de bermudas, alguns até de chinelo, num ambiente descontraído. Fui levada a um grupo, com o qual conversei animadamente e comentei sobre o meu traje inadequado, todos sorriram e foram simpáticos. Após o almoço fomos conhecer o campo de golf. Meu salto afundava no gramado a todo momento. Tirei os sapatos e brinquei de jogar golfe leve e solta.

Como eu devo me comportar?
Qual roupa devo usar?
Se eu usar errado?
Devo chegar lá e rir da minha mancada?
Se eu rir soará bonito, né?
Eu vou rir! Vai ser mais descontraido…

Você não deve rir…
Você não deve chegar lá animadamente…
Você não deve transparecer feliz e descontraida…

Você deve ser risonha!
Ser animada!
Ser feliz e espirituosa!

Pense em sair bem de uma situação!
Não seguir métodos!
Esse é um grande problema do meio corporativo!
Como eu devo me comportar?

Por favor, chamem a Google de volta!


Escritório da Google

E me acabe com os estereótipos…

Pensa-se:

“Qual os 10 passos que devo tomar?”

Invés de pensar…
Qual filosofia de vida devo ter…
Para compreender a situação e, através do bom senso, sair bem de todas elas…

Essa é a sutil diferença entre o falso e o verdadeiro…

Todos perguntam: Tudo bem?
Mas só em alguns você realmente acredita nas palavras…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em reflexão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s